top of page

A hipoterapia em crianças com Perturbação do Espectro Autista (PEA)

O que é o Autismo?

O autismo é uma síndrome que interfere no seu pensamento, atenção, na formas como se relacionam com as pessoas, a comunicação e a sua imaginação. Desde muito cedo, as crianças com PEA tendem a ver, ouvir e sentir o mundo de forma diferente.

Algumas características do Autismo

  • Atraso anormal na fala quando criança;  

  • Dificuldade em manter uma conversa quando mais velho;  

  • Dificuldade ao participar em atividades e brincadeiras em grupo;  

  • Dificuldade em interpretar expressões faciais e gestos;  

  • Falta de contato visual;  

  • Dificuldade em ter empatia;  

  • Dificuldade em compreender os sentimentos dos outros e expressar os seus;  

  • Manutenção de uma rotina, mudanças ou a exposição a ambientes diferentes e barulhentos pode causar perturbações. 

Tratamento

Embora não exista cura para o autismo, existem tratamentos e medidas educativas que permitem lidar melhor com esta situação. Não existem medicamentos específicos, mas muitas vezes são usados medicamentos antidepressivos ou antipsicóticos. 

Existem ainda outras terapias não medicamentosas bastante eficazes, como por exemplo a Hipoterapia. 

O que é a Hipoterapia?

A Hipoterapia não é apenas uma aula de equitação, mas sim uma aula terapêutica. A Hipoterapia tem um impacto elevado para a saúde mental da criança autista e após estas aulas consegue-se notar diferenças no comportamento da criança a nível motor e emocional.

Relação entre a criança autista e o cavalo

Na hipoterapia, as crianças têm a oportunidade de criar uma afinidade com o cavalo, o que acaba por facilitar na terapia principalmente com as crianças que apresentam dificuldade em comunicar com a sociedade. O uso do cavalo na hipoterapia é usado como instrumento terapêutico para o estímulo sensorial e motor da criança, também com o intuito de ganhar força muscular e melhorar o equilíbrio e consistência corporal. 

bottom of page